segunda-feira, 4 de julho de 2016

Escolha do organizador da Anvisa atrasa concurso


O concurso da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)  continua com pendências que precisam ser sanadas o quanto antes para que o edital tenha condições de ser publicado em curto espaço de tempo. A principal delas, no momento, é a escolha da organizadora, provavelmente por meio de dispensa de licitação. Conforme informou a Assessoria de Imprensa da agência reguladora na última terça-feira, dia 28, o termo de referência visando à contratação da banca ainda não ficou pronto. Com esse documento finalizado, a organizadora deverá ser oficializada na sequência. Essa seleção pública tem o objetivo de preencher, inicialmente, 78 vagas de técnico administrativo. A carreira requer somente o nível médio completo, mas propicia uma remuneração acima da média: R$6.147,52 - valor já somado aos R$458 do auxílio-alimentação.
Quem desempenhar essa função será admitido pelo regime estatutário. Logo, terá assegurada a estabilidade empregatícia. Todas as vagas são destinadas à sede da autarquia, que fica em Brasília. Porém, é uma excelente oportunidade para quem tem a possibilidade de fixar residência na capital federal. A prazo oficial é para que o edital seja publicado até 18 de outubro, segundo estabeleceu a portaria do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Contudo, é muito possível que esse período seja encurtado pela Anvisa, caso até lá todos os pontos já tenham sido acordados. Além da organizadora, falta o programa oficial, o cronograma e a taxa de inscrição. Em 2013, a Cetro Concursos foi a organizadora do último certame da agência para técnico administrativo. Houve provas objetivas e discursivas.
Na primeira, foram cobradas perguntas de Língua Portuguesa, Redação Oficial, Raciocínio Lógico e Quantitativo, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Administrativo e Constitucional, Noções de Vigilância Sanitária e Saúde Pública, Administração Pública, Noções de Regulação e Agências Reguladoras e Noções de Administração. Já na segunda, os candidatos foram submetidos a uma pergunta de Regulação e Administração Pública, Vigilância Sanitária e Saúde Pública. A organizadora foi a Cetro Concursos.

Fonte: Folha Dirigida

Nenhum comentário:

Postar um comentário